Portal Se Liga Pilões-PB
Share Button

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Governo do Estado faz mobilização pelo fim da violência contra as Mulheres e Pilões receberá visita da unidade Móvel nesta sexta feira dia 21 de Novembro


 Governo do Estado faz mobilização pelo fim da violência de gênero
A Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres começa nesta quarta-feira (19), em Montadas, com o serviço de atendimento das unidades móveis de atendimento às mulheres rurais vítimas de violência doméstica coordenado pela Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana. A campanha é uma mobilização anual praticada simultaneamente por diversos atores da sociedade civil e poder público engajados no enfrentamento à violência contra mulheres.


Desde sua primeira edição, em 1991, já conquistou a adesão de cerca de 160 países. Mundialmente, a Campanha se inicia em 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, e vai até 10 de dezembro, o Dia Internacional dos Direitos Humanos, passando pelo 6 de dezembro, que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.


A programação estadual prevê também formação de policiais, de integrantes da Rede Municipal de Atendimento às Mulheres Vitimas de Violência e rodas de diálogo com mulheres indígenas. Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, durante os processos de formação e debates será discutida a questão do feminicídio (o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher), que está em debate no Congresso Nacional, em vista do PLS 292/2013, o qual pretende incluir no Código Penal a tipificação do crime conceituado como “forma extrema de violência de gênero que resulta na morte da mulher” – com pena de reclusão de 12 a 30 anos.


No dia 25 de novembro, será aberta uma Exposição de Fotografias e feita a distribuição de cartões postais do Concurso Prêmio Fotográfico “Violência contra as Mulheres: Como enfrentar e Prevenir”. As vencedoras serão premiadas, assim como os selecionados para produção de Obras Audiovisuais inéditas de curta metragem com o tema: “Violência contra a Mulher: O que fazer?”.


Unidades Móveis - A unidade móvel de atendimento às mulheres trabalhadoras do campo e da zona rural vítimas de violência doméstica oferecerão atendimento psicossocial, jurídico, orientação e palestras em mais oito cidades, além de Montadas: Pilões, Acaú-Pitimbu, Taperoá, Araruna, Picuí, Boqueirão, Boa Vista e Rio Tinto. As unidades móveis foram entregues ao Governo do Estado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), dentro do programa “Mulher, Viver sem Violência”. Dentro das unidades, será disponibilizado atendimento de delegados, promotores, juízes, psicólogos e assistentes sociais.



Calendário de visitas



VISITAS UNIDADE MÓVEL DATA


MONTADAS – CRAS 19/11


PILOES 21/11


ACAÚ – PITIMBU 26/11


TAPEROA 28/11


ARARUNA 29/11


PICUÍ 03/12


BOQUEIRÃO 16.12


BOA VISTA 17.12


RIO TINTO 02.12






Secom

Festival Sons e Sabores acontecerá em Pilões e mais tres cidades este ano e começará por Solânea nesta sexta-feira (21)

Evento valoriza cultura e gastronomia do Brejo Paraibano
Foto: Internet
A partir desta sexta-feira (21) e até o dia 14 de dezembro, o Brejo paraibano será movimentado com a realização do Festival Sons e Sabores 2014. A segunda edição do evento, que teve início ano passado, valoriza a cultura, o turismo, as raízes regionais e a gastronomia dos municípios da região. Este ano, o festival vai acontecer nas cidades de Solânea (21 a 23 de novembro), Areia (28 a 29 de novembro), Alagoa Grande (5 a 7 de dezembro) e Pilões (12 a 14 de dezembro).


Cada cidade terá uma programação específica, valorizando os “sons e sabores” da localidade. “O Festival faz parte de uma estratégia de criar um calendário de eventos anual para o Brejo, atraindo visitantes e valorizando as potencialidades da região”, afirmou a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim. De acordo com a presidente do Fórum do Turismo do Brejo Paraibano, Fernanda Mello, o grande objetivo do festival é promover a implantação de um roteiro turístico que una a gastronomia e a música. “Vamos promover descobertas do que temos de melhor nesses municípios”, completou Fernanda.
Durante o evento, serão promovidas atividades culturais, criação de pratos nos bares e restaurantes, além de oficinas de arte e shows regionais. O chef Adilson Santana, consultor do Festival, já está catalogando os pratos e dando as devidas orientações para a criação de novos sabores nos municípios participantes. O festival é realizado pelo Fórum do Turismo do Brejo Paraibano, com apoio do Sebrae Paraíba.


Agência Sebrae de Notícias

Prefeito terá que garantir posto de saúde perto das moradias do Minha Casa, Minha Vida



Minha-Casa-Minha-Vida-Fortaleza-CE-2014-03A instalação ou ampliação de postos de saúde nas proximidades de empreendimentos do Programa Minha Casa, Minha Vida deverá seguir critérios populacionais, proporcionais à densidade de ocupação, como define projeto (PLS 374/2013) aprovado nesta quarta-feira (19) pela Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI). O prefeito poderá ser julgado por crime de responsabilidade caso não se esforce para garantir a oferta de serviços nesses padrões.
A Lei 11.977/2009, que regulamenta o programa, já obriga o poder público a instalar os postos, mas não faz especificações sobre os quantitativos dos serviços, questão que poderia ser abordada nos planos diretores de cada município. Como há disparidades entre as regras dos diversos governos locais, o texto aprovado inova ao impor a adoção de critérios nacionais, já que o programa é de âmbito federal.
Pela proposta, de autoria do senador Delcídio Amaral (PT-MS), os serviços básicos de saúde devem ser dimensionados para atender suficientemente os moradores. As unidades de serviço compreendem os postos de saúde, equipes do Saúde da Família e até unidades de pronto atendimento (UPA) ou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Além do critério populacional, proposto pelo autor, o relator, senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), sugeriu emenda para determinar que a edificação ou ampliação das unidades de saúde siga os requisitos e parâmetros mínimos de estrutura física, de equipamentos e de profissionais e equipes que são estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O relatório foi lido pelo senador Jorge Viana (PT-AC).
Crime de responsabilidade
Inácio foi também o autor da emenda que alterou o foco da estratégia de cobrança sobre os prefeitos. Pelo texto original, o pagamento das prestações, pelos mutuários, era condicionada ao efetivo funcionamento das unidades de saúde. Para o relator, porém, essa sanção só iria prejudicar o banco que financiou o projeto habitacional, e não os prefeitos.
Por isso, o senador optou pelo enquadramento do prefeito nas hipóteses de crime de responsabilidade, caso vier a descumprir os compromissos com a saúde da Lei do Minha Casa, Minha Vida. Um prefeito pode perder o cargo e ficar inabilitado por até cinco anos para o exercício de cargo ou função pública se descumprir lei federal.
O projeto segue para votação final na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).
Agência Senado

Irmão de ex-prefeito da cidade de Cajazeiras é encontrado morto dentro da própria casa

Irmão de ex-prefeito é encontrado morto
Irmão de ex-prefeito é encontrado morto
O caminhoneiro da cidade de Cajazeiras, José Edivan Rodrigues, de 46 anos de idade cometeu suicídio nesta qurta-feira (19), por meio de enforcamento.
O suicídio aconteceu na residência da própria vítima na Rua Antônio Vitoriano de Abreu, no bairro dos Tecedores.
Uma equipe do Samu foi acionada, mas a vítima já estava sem vida. A Polícia Militar (PM) isolou área até a chegada dos peritos.
A PM e a família da vítima não revelaram os supostos motivos que levaram José tirar a própria vida.
José era irmão do ex-prefeito de Cajazeiras, o empresário Zerinho. Ele será sepultado na cidade de Cajazeiras nessa quinta-feira (19).

Irmão de ex-prefeito da cidade de Cajazeiras  é encontrado morto dentro da própria casa
DIÁRIO DO SERTÃO
MÍDIA PARAÍBA

‘Ele não vale nada’, diz paraibana que ajudou a prender o pai foragido


Jurandir Teodósio chegou na Paraíba na noite de terça-feira (18) (Foto: Reprodução)
Jurandir Teodósio chegou na Paraíba na noite de terça-feira (18) (Foto: Reprodução)
A filha de Jurandir Teodósio de Souto, que é suspeito de matar a esposa há 18 anos, ainda não teve a oportunidade de encontar pessoalmente com o pai, que chegou na Paraíba na noite de terça-feira (18). Porém, ela afirma que só quer encontrá-lo durante o julgamento. “Minhas conclusões eu já tirei pelas imagens que eu vi. Ele é frio, ele não se arrependeu. Ele não vale nada”, disse Julianne Maracajá.
“Nao quero vê-lo. Mudei totalmente de ideia depois de ter visto a cena decadente que eu vi”, complementou a jovem falando sobre as imagens da transferência do pai para a Paraíba. Julianne foi a responsável por localizar o pai, que estava foragido, por meio das redes sociais. Depois de três meses de investigação, a universitária descobriu que o homem condenado pela morte de sua mãe levava uma vida tranquila com nova família em Ceilândia, no Distrito Federal, e ainda tinha registrado uma filha com o nome da mulher assassinada.
Em depoimento à polícia, o pedreiro Jurandir Teodósio disse não lembrar de nada. “Eu bebia muito, estava embriagado. Não recordo perfeitamente. Não digo que sim, nem que não, porque não tenho lembrança, já que estava muito embriagado. Graças a Deus sou evangélico há oito anos, não bebo mais e não pratico nenhum vício”, alegou o preso.
Ele foi preso em agosto deste ano no Distrito Federal e foi transferido na noite desta terça-feira (18) para o complexo penitenciário de Jacarapé, conhecido como presídio PB1, em João Pessoa.
Julianne ainda disse que só vai concluir que a busca pelo pai valeu a pena quando terminar o julgamento. “Queremos uma sentença sendo imputadas todas as qualificadoras necessárias, que ele merece. Quem sabe o estrago que foi feito é quem vive. Não tem como deixar isso pra lá”, declarou. A sentença que o condenou, em 2009, foi anulada pelo Tribunal do Júri de Campina Grande e ele será submetido a novo julgamento.
De acordo com o secretário de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, a decisão de encaminhar o acusado de matar a esposa para o presídio do PB1, na capital, e não para Campina Grande, foi por uma questão de segurança do apenado.
Rute Patrícia Maracajá foi morta a facadas aos 23 anos, em fevereiro de 1996, em Campina Grande. Condenado em 2009, o foragido se entregou à polícia de Ceilândia após descobrir que tinha sido localizado, no dia 29 de agosto.
Do G1 PB

Briga de detentos resulta em morte de apenado durante motim no presídio do Roger

Um preso morreu durante uma confusão entre apenados dos pavilhões 5 e 6 do Presídio Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Roger, na tarde desta quarta-feira (19), na Capital. O secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, informou que a confusão iniciou após o remanejamento de presos destes pavilhões.

De acordo com o secretario, a morte foi confirmada e os demais detentos dão duas versões para o crime. Uma diz que um dos apenados teria provocado o outro após uma visita íntima da esposa. Já a segunda versão contada pelos presos é de que o apenado morto seria um “X-9” e estaria dedurando outros apenados.

O Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe) retornou ao presídio para conter o tumulto. Walber Virgolino informou também que o Batalhão do Choque da Polícia Militar foi chamado para conter os presos e realizar uma operação para identificar o suspeito de matar o apenado.

O tumulto da noite desta quarta ocorreu poucas horas depois de um motim realizado por apenados, onde colchões foram queimados.

Redação: Com Portal correio

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Miss Honduras Mundo 2014 e irmã são achadas mortas


Foto sem data mostra Maria Jose Alvarado, Miss Honduras Mundo 2014; jovem e sua irmã desapareceram na última quinta-feira (13) (Foto: AFP)
Foto sem data mostra Maria Jose Alvarado, Miss Honduras Mundo 2014; jovem e sua irmã desapareceram na última quinta-feira (13) (Foto: AFP)
A Miss Honduras Mundo 2014, María José Alvarado, e sua irmã Sofía Trinidad, desaparecidas desde o dia 13 novembro no país, foram encontradas mortas nesta quarta-feira (19), informaram as autoridades locais.
“Podemos confirmar que são os corpos das duas jovens”, indicou o chefe da polícia local, Leandro Osorio, acrescentando que o assassino é Plutarco Ruiz, namorado de Sofia Trinidad. Ele foi preso nesta terça-feira (18). “Temos o autor deste crime hediondo, o Sr. Plutarco Ruiz. Com ele encontramos a arma do crime e o veículo utilizado para transportar os corpos”, ressaltou.
O crime foi cometido na noite do sequestro, na quinta-feira da semana passada.
Osorio explicou que os corpos foram encontrados na área da aldeia de Cablotal, no município de Arada, Santa Barbara, às margens do rio Aguagual.
Osorio acredita que há mais pessoas envolvidas no crime, que teriam tentado limpar a cena e que estão sendo investigados.
Ele ressaltou que “as unidades de investigação do Estado criaram uma frente comum para lidar com o crime abominável, que causou comoção em todo o país” e que os corpos ainda não haviam sido removidos.
A polícia também capturou Aris Valentín Maldonado, em Santa Bárbara, para averiguar sua relação com o caso, acrescentou Torres, que esclareceu que mais prisões podem acontecer.
María José e Sofia Trinidad estiveram na última quinta em uma festa em Santa Bárbara para comemorar o aniversário de Plutarco, que é acusado junto com Maldonado pelo crime de cárcere privado, disse o chefe policial.
A jovem deveria viajar para Londres na quarta-feira para o concurso de Miss Mundo, mas seu desaparecimento impediu a participação de Honduras.
Honduras tem a maior taxa de homicídios do mundo, 79 para cada 100 mil pessoas, segundo o Observatório da Violência da Universidade Nacional.
Do G1, em São Paulo

Vital do Rêgo consegue kits com veículos para equipar Conselhos Tutelares; Pilões será beneficiado

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) conseguiu, junto a Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, que dez municípios fossem beneficiados com kits para equipagem de conselhos tutelares. O benefício é fruto de diálogos entre o senador e a ministra Ideli Salvatti.
Receberão os kits os municípios de Alagoa Nova, Igaracy, Baraúna, Brejo dos Santos, Conde, Santana dos Garrotes, Itabaiana, Pilões, Serra Redonda e Taperoá. O kit é composto por: carro, computadores, impressora multifuncional, bebedouro e refrigerador. O objetivo do programa é estruturar os conselhos tutelares, fomentando condições adequadas de funcionamento e infraestrutura, com foco nas áreas de maior vulnerabilidade.

20141119094210“Hoje, os Conselhos Tutelares garantem medidas de proteção para inúmeras crianças e adolescentes em diversas comunidades. Para esse desempenhar esse acompanhamento, os conselheiros precisam estar devidamente equipados. Isso em muito ajudará os paraibanos, já que possibilitará um atendimento público mais adequado”, apontou Vital do Rêgo.
O Conselho Tutelar fiscaliza casos onde haja violação de direitos de crianças e adolescentes, ou indícios e possibilidades das mesmas. O órgão age para eliminar o risco de ocorrência dessas violações, requisitando ações que garantam o cumprimento dos direitos observados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.
Para que os kits sejam entregues, é necessário que as prefeituras efetuem cadastro no Sistema de Distribuição para Conselhos Tutelares. O senador colocou seu gabinete à disposição dos gestores municipais para auxiliá-los no processo.

Espero que a administração de Pilões não despedice essa oportunidade de garantir um veículo para o Conselho Tutelar,já que muitas vezes esses conselheiros não tem condições de fazer uma visita por falta de veículo.Lembre-se que é necessario efetuar um cadastro no sistema de Distribuição para Conselhos Tutelares e isso requer rapidez,quanto a buroclacia o veículo já esta liberado graças ao Senador Vitalzinho.
Ivenildo Sales com Ascom

Estudante é estuprada ao sair de colégio e deixada seminua dentro de um matagal


Exame preliminar constatou que houve rompimento do hímen, conforme informou a delegada da Mulher da Capital, Vera Lúcia 
Uma adolescente de 17 anos foi estuprada após sair de um colégio no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, nessa terça-feira (18). Um exame preliminar constatou que houve rompimento do hímen, conforme informou a delegada da Mulher da Capital, Vera Lúcia. A menina foi deixada seminua no matagal.
Conforme relato da vítima, por volta das 17h, a adolescente deixou a unidade escolar e seguia para casa quando foi abordada por um homem desconhecido. “A menina nos contou que o rapaz colocou a mão no ombro dela e disse para não gritar se não a mataria a tiros. Ele caminhou com ela como se fossem namorados por alguns metros até um matagal, onde ele manteve relações sexuais com a garota, de forma forçada”, disse a delegada.
Segundo Vera Lúcia, após estuprar a garota, o homem pediu para ela ficar no local e ainda fugiu levando as roupas dela. “A estudante ficou apenas de sutiã. Ela foi embora nervosa para usando os livros para as partes íntimas dela. Ao chegar em casa contou a mãe, que acionou a Polícia Militar”.
A vítima foi levada para a Maternidade Cândida Vargas onde foi medicada com conquisteis anti-HIV para prevenção da doença e outros tipos de contágio. A adolescente foi submetida a exame sexológico no Instituto de Polícia Científica (IPC) da Capital. “Foi colhido no IPC o matéria genético do acusado que será armazenado para identificá-lo quando for preso ou em caso de prisão de qualquer homem suspeito de estupro”, garantiu a delegada.
O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia da Mulher de João Pessoa, mas o caso será investigado pela Delegacia da Infância e Juventude devido a estudante ser menor de idade.
Da Redação 1001 Noticias